Em mais ação que visa fortalecer e ampliar os conceitos ligados à aprendizagem criativa, a Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Educação, promove no próximo sábado (25/05) o 3º Scratch Day, no Cenforpe.

O calendário conta com diversas oficinas e atividades desenvolvidas por professores e profissionais da rede municipal. Entre os tópicos estão a apresentação de trabalhos desenvolvidos nas escolas, como o ensino de astronomia, programação de robôs e criação de jogos educativos.

O evento vai reunir alunos, pais, professores e demais interessados em conhecer trabalhos com jogos, animações e robôs desenvolvidos com o Scratch, que é uma linguagem de programação em blocos desenvolvida pelo MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussets) e criado especialmente para crianças.

Considerado mais acessível que linguagens de programação textuais, o Scratch se utiliza de uma interface gráfica que permite a construção de programas com blocos encaixados, lembrando o brinquedo Lego. Com essa ferramenta, os alunos criam animações, histórias interativas e jogos no navegador.

Para a secretária de Educação, Silvia Donnini, o evento consagra a dedicação do município em desenvolver novas formas de aprendizagem. “A BNCC (Base Nacional Comum Curricular trouxe maior inovação no pensamento computacional no ensino. Este aspecto é priorizado no programa pedagógico de São Bernardo e oferece aos alunos novas capacidades para a resolução de problemas e colabora com o aprendizado”, pontuou.

A programação de sábado inclui a presença da EMEB Júlio de Grammont, que terá toda a comunidade escolar no evento e das EMEBs Padre ngelo Ceroni e José Avilez, que irão apresentar trabalhos desenvolvidos. O dia letivo possibilita ainda a participação de alunos de toda a rede municipal.

INCENTIVO - O prefeito de São Bernardo, Orlando Morando, destacou a importância desse tipo de evento. “A nossa cidade oferece Educação de qualidade e para aprimorar esses esforços contamos com a participação dos pais e responsáveis. Justamente por isso peço para que tragam seus filhos ao Cenforpe e tenhamos um sábado com muito aprendizado e novas experiências”, comentou.

As inscrições para as oficinas podem ser feitas neste link.

O município também faz parte da Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, que surgiu em 2015 a partir de uma parceria entre o Programaê (uma colaboração da Fundação Lemann com a Fundação Telefonica Vivo) e o Lifelong Kindergarten Group do MIT Media Lab. Atualmente, são centenas de instituições participantes em todo o País.

O envolvimento e o sucesso das iniciativas desenvolvidas pela rede municipal de ensino ganharão outro incentivo em setembro, quando São Bernardo sediará o 2º Conferência Brasileira de Aprendizagem Criativa, que também será realizada no Cenforpe.

AMPLIAÇÃO - São Bernardo apoia o investimento descentralizado para aquisição de materiais para instituição de projetos de aprendizagem criativa como kits de robótica, materiais de encaixe e placas de arduíno, entre outros.

As unidades escolares também podem utilizar a partir de 10% dos recursos da APM (Associação de Pais e Mestres) para investir na iniciativa. Além disso, oito escolas municipais – escolhidas como polo em Aprendizagem Criativa - espalhadas em diferentes bairros receberão um aporte de mais R$ 20 mil reais para compra de materiais mais robustos, como uma impressora 3D. O investimento total é de R$ 1,8 milhão.